GODZILLA E OS FILMES DA TOHO DA ERA SHOWA NOS CINEMAS BRASILEIROS – PARTE 1

POST_001

Esse artigo tem como objetivo elencar todos os filmes de Godzilla da era Showa (até 1989) exibidos nos cinemas brasileiros, desde os anos 1950 até o final dos anos 1970. Além dos filmes do pioneiro monstro, vou colocar aqui também os outros filmes da Toho exibidos nos cinemas do Brasil, além de suas exibições na televisão.

Somando todos os filmes de sci-fi da Toho, juntamente com os de monstros gigantes, temos a incrível marca de TRINTA E DOIS FILMES exibidos no Brasil entre 1958 e 1977. Foram 14 filmes de Godzilla e 18 filmes de monstro/sci-fi.

Para se ter uma noção do quão grandioso foi isso, dos filmes de Godzilla da era Showa, apenas dois nunca foram exibidos no Brasil (Mekagojira no Gyakushu, de 1975; e Gojira, de 1984). Além disso, TODOS os filmes de outros monstros da Toho passaram em território nacional, seja no cinema ou na televisão.

Vale lembrar que não estou considerando aqui os filmes de Gamera, que são da produtora Daiei e em outra oportunidade serão comentados. Também não estão na lista os filmes de Godzilla da Era Heisei. Portanto, de Biollante (1989) para frente não serão comentados neste artigo.

Como várias exibições ficaram esquecidas pelo público por muitos anos, ou mesmo desconhecidas pela nova geração, acho importante trazer essas informações à tona, para que muita bobagem pare de ser dita e propagada.

Na primeira parte do artigo, destaque para os filmes de GODZILLA.

 

PRÓLOGO: OS MONSTROS GIGANTES OCIDENTAIS NO BRASIL

É importante ter em mente que Godzilla foi o primeiro filme de monstro gigante japonês exibido nos cinemas do Brasil, mas não foi o primeiro ser gigante e monstruoso a aportar por aqui. Antes dele, ocorreram as seguintes exibições.

• KING KONG, o filme de 1933, foi exibido no Brasil em junho de 1943, com 10 anos de atraso. Na imagem abaixo, uma resenha maravilhosa com a linguagem rebuscada da época, quando do lançamento do filme no exterior (Diário de Notícias, 23 de abril de 1933).

POST_002

• MONSTRO DE UM MUNDO PERDIDO (Mighty Joe), exibido no Brasil em 1950;

POST_003

• O MONSTRO DO MAR (The Beast of 20.000 Fathoms), exibido no Brasil em maio de 1954. Anos mais tarde foi exibido de forma dublada pela TV Globo, nos anos 1970.

POST_004

POST_005

GODZILLA NO BRASIL – 1960s

O primeiro filme de Godzilla, produzido em 1954, e adaptado posteriormente pelos americanos, foi exibido pela primeira vez no Brasil em janeiro de 1958, sob a alcunha de GODZILA, O MONSTRO DO MAR. É interessante ver esse paralelo com o nome utilizado por The Beast of 20.000 Fathoms quatro anos antes, talvez tentando pegar carona no sucesso dos americanos. Godzila era grifado assim mesmo, com apenas um L. A versão exibida foi dublada em inglês e exibida com legendas.

POST_006POST_007

Já segundo filme de Godzilla (Gojira no Gyakushu), produzido em 1955, e também adaptado posteriormente pelos americanos, foi exibido pela primeira vez no Brasil em janeiro de 1961, com o nome de GIGANTIS, O MONSTRO DE FOGO. Na versão internacional, era chamado de Godzilla Raids Again. Da mesma forma que o primeiro filme, foi exibido com som dublado em inglês com legendas. Em 15 de agosto de 1973, a Rede Globo exibiu esse filme na sua programação já com outro nome, apenas O MONSTRO DE FOGO, e finalmente DUBLADO EM PORTUGUÊS.

POST_008

KING KONG x GODZILLA, o terceiro filme, foi exibido nos cinemas dos anos 1960 em cópias dubladas em inglês com legendas em português. Na TV Record, em 11 de dezembro de 1982, em sua versão DUBLADA EM PORTUGUÊS. Também foi exibido na TV Pampa (Porto Alegre), no mesmo ano.

POST_009

GODZILLA CONTRA A ILHA SAGRADA (Mosura tai Gojira), o quarto filme, foi exibido nos cinemas brasileiros em 1968 em cópias dubladas em inglês com legendas em português. Também foi exibido pela TV Tupi, DUBLADO EM PORTUGUÊS, em 27 de julho de 1974.

POST_010

Produzido em 1964, San Daikaiju: Chikyu Saidai no Kessen, chamado no Brasil de GHIDRAH, O MONSTRO TRICÉFALO, chegou aos cinemas nacionais em 27 de fevereiro de 1967, em versão legendada.

POST_011

Ainda em 1967, em outubro chegaria ao Brasil A GUERRA DOS MONSTROS, nome nacional de Kaiju Daisenso, o sexto filme do monstro, também legendado.

POST_012

Um ano depois, em setembro de 1968 aporta nos cinemas do Brasil mais um filme de Godzilla. Desta vez é EBIRAH, O TERROR DOS ABISMOS. Assim como os antecessores, exibido com legendas.

POST_013post_014

GODZILLA NO BRASIL – 1970s

Em fevereiro de 1970, o simpático e bizarro O FILHO DE GODZILLA (Kaijuto no Kessen Gojira no Musuko) chega ao Brasil.

post_015

Ainda em 1970, no mês de março, o nono filme de Godzilla, Kaiju Soshingeki, é lançado no Brasil com o nome de O DESPERTAR DOS MONSTROS.

post_016

O décimo filme, Gojira, Minira, Gabara: Oru Kaiju Daishingeki, é promovido no Brasil em abril de 1971 como um filme infantil, sendo exibido nas matinés com o constrangedor nome de MONSTROLÂNDIA.

post_017

MONSTROS INVADEM A TERRA foi o nome dado no Brasil ao 11º filme da franquia, Gojira tai Hedora. Chegou nos cinemas ainda em 1972, no mês de outubro. Assim como todos os filmes anteriores, em versão legendada.

post_018

Em novembro de 1973, aporta nos cinemas nacionais GODZILLA, O REI DOS MONSTROS, nome nacional de Chikyu Kogeki Meirei: Gojira tai Gaigan, produzido em 1972. Desta vez, a distribuição internacional ficou a cargo da Pel-Mex (Películas Mexicanas), que trabalhou com a marca na América Latina.

post_019

O penúltimo filme de Godzilla a chegar ao Brasil nos anos 1970 foi MONSTROS DE OUTROS ESPAÇOS. Na resenha, ocorre a citação que Godzilla enfrentava Megaro. Em 1987, esse filme teve lançamento em VHS na versão DUBLADA pela BKS, sob a alcunha de GODZILLA x MEGALON, sendo mais um caso de nome diferente da versão de cinema, caso que já havia ocorrido na Globo quando suprimiu o nome “Gigantis” do filme “O Monstro de Fogo” em 1973.

post_020

Finalizando a lista, vem A ODISSÉIA DOS MONSTROS, nome brasileiro para o filme Gojira tai Mekagojira. A exibição ocorreu inicialmente em dezembro de 1977. Infelizmente, a continuação deste filme ficou inédita no Brasil.

post_021

Também não tivemos a oportunidade de ver lançado no Brasil o reboot de 1985. O público brasileiro em geral só voltaria a ter contato com Godzilla a partir do início da era Heisei, com o lançamento do espetacular Godzilla x Biollante, mas isso é assunto para outro artigo.

Portanto, a lista resumida de títulos nacionais dos filmes de Godzilla nos cinemas do Brasil:

01 – GODZILA, O MONSTRO DO MAR (1954)
02 – GIGANTIS, O MONSTRO DE FOGO (1955)
03 – KING KONG x GODZILLA (1962)
04 – GODZILLA CONTRA A ILHA SAGRADA (1964)
05 – GHIDRAH, O MONSTRO TRICÉFALO (1964)
06 – A GUERRA DOS MONSTROS (1965)
07 – EBIRAH, O TERROR DOS ABISMOS (1966)
08 – O FILHO DE GODZILA (1967)
09 – O DESPERTAR DOS MONSTROS (1968)
10 – MONSTROLÂNDIA (1969)
11 – OS MONSTROS INVADEM A TERRA (1971)
12 – GODZILLA, O REI DOS MONSTROS (1972)
13 – MONSTROS DE OUTROS ESPAÇOS (1973)
14 – A ODISSÉIA DOS MONSTROS (1974)

Graças à exibição na TV e lançamento em VHS, ao menos quatro desses filmes tiveram sua versão dublada: O Monstro de Fogo, King Kong x Godzilla, Godzilla contra a Ilha Sagrada e Monstros de Outros Espaços (Godzilla x Megalon).

Como se pode notar, são nomes oficiais, que estão DOCUMENTADOS e COMPROVADOS conforme recortes de jornal. Não existe nenhuma informação “de boca”, ou “meu amigo me falou…”. Aqui estão elencados os fatos.

Na parte 2 desse artigo, você vai conferir a ordem cronológica dos outros filmes da Toho nos cinemas do Brasil. Aguarde.

—————————————————-

Agradecimentos e apoio nas pesquisas:
João Simonetti, Ricardo Cruz, Danilo Modolo, Cesar Filho, Ricardo Cerdeira, Marcos Lima

 

 

 

 

 

 

 

 

 

4 comentários

  1. Mais uma vez um excelente trabalho de pesquisa!

    Até sabia que passavam filmes do Godzilla aqui, mas não me dava conta de que eram tantos! E é curioso ver como foi a impressão das pessoas na época ao verem filmes de monstros gigantes pela primeira vez. E também as matérias descrevendo, que vão de “espetáculo” até “filme de hábito para o público de hábito”, alguns sem tanto conhecimento de causa, descrevendo Godzilla como um macaco.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s