ANÁLISE DO PRIMEIRO EPISÓDIO DE CADA SUPER SENTAI – 1990~1994

A seguir, as séries da primeira metade dos 1990. As notas variam de 0 a 5 estrelas.
Para conferir as séries anteriores e saber mais sobre o projeto, clique aqui.

fiveman

Chikyu Sentai Fiveman (Esquadrão Terrestre Fiveman)
Episódio 1: 五兄弟戦士
Tradução livre do título: Os cinco irmãos guerreiros
Roteiro: Hirohisa Soda
Direção: Takao Nagaishi
Data de Exibição no Japão: 02 de Março de 1990

Link para sinopse completa (em inglês)

Por muitos anos, na época em que só conseguíamos episódios em VHS (lá por 2001) com baixa qualidade de imagem e, obviamente, sem legendas, sempre considerei o primeiro episódio de Fiveman um dos mais frustrantes – mais pelo fato de não ter cenas de ação um pouco mais longas com os heróis transformados. Mas vou aproveitar este espaço para fazer uma reparação. O episódio é muito bom – e um dos mais violentos da história dos Super Sentai. A morte do Doutor Hoshikawa e sua esposa Midori, pais dos Fiveman, desesperados tentando salvar os filhos e os entregando aos cuidados de Arthur G6, é muito densa. Mas o ponto que mais dá raiva do Império Zone é a morte das duas crianças alienígenas, que estavam emocionadas com o nascimento da primeira flor no planeta Sedon. Gaku, o irmão mais velho, enfurecido contra Garoa e seus comandados, dá um tiro na cara do vilão, deixando uma cicatriz que marcaria outro momento na série. É o primeiro episódio em que o prólogo se passa muitos anos antes (1970) da história atual (1990). Assim como Flashman (1986), vinte anos se passam e os heróis juram vingança – contra aqueles que mataram seus amigos e seus pais.

Ordem Hierárquica da Equipe:
Vermelho – Azul – Rosa – Preto – Amarelo

Temática:
Cinco irmãos, criados pelo robô Arthur G6 entre o espaço sideral e a Terra, tornam-se os Fiveman. Sua missão é proteger o planeta de origem de sua família das atrocidades do império Zone, os responsáveis pela morte de seus pais.

Império Maligno a ser combatido:
Zone

O que esperar da trama:
Assim como Flashman (1986), é uma história de vingança cósmica. Contrastando com a série anterior, Turboranger (1989), onde os heróis eram estudantes, em Fiveman os cinco guerreiros são professores (Ciências, Educação Física, Matemática, Línguas, Música). Para os fãs brasileiros, a oportunidade de rever Kihachiro Uemura, o Green Flash, fazendo o papel do vilão Chevalier. Fiveman foi a última série que Hirohisa Soda assinou como roteirista chefe. Apesar do aparente “saco cheio”, com algumas situações repetitivas e a inclusão de fantoches que serviam como narradores da trama, Soda ainda assim conseguiu a proeza de conseguir fazer algo inédito, já que Fiveman é a primeira série a ter gêmeos como heróis, Fumiya e Remi, os integrantes Preto e Amarelo, respectivamente. Além disso, também é pioneira em ter todos os integrantes nascidos fora da Terra.

Onde encontrar a série: 
Legendada em Inglês

Classificação do episódio: ☆ ☆ ☆ ☆ ¼ (4.25)


jetman

Choujin Sentai Jetman (Esquadrão Alado Jetman)
Episódio 1: 戦士を探せ
Tradução livre do título: A busca pelos guerreiros
Roteiro: Toshiki Inoue
Direção: Keita Amemiya
Data de Exibição no Japão: 15 de Fevereiro de 1991

Link para sinopse completa (em inglês)

Com muitas nuances de Liveman (1988), principalmente com o símbolo da Sky Force remetendo ao de Red Falcon, e Maskman (1987), em uma cena quase ipsis litteris de Takeru/Miho acontecendo entre Ryu e Rie, o primeiro episódio de Jetman tem boas cenas de drama e ação, misturando-as na medida correta. Pela segunda vez em um Super Sentai (a primeira foi em Liveman), os integrantes não estão todos reunidos, e apenas três deles aparecem no episódio inicial: Red Hawk, Yellow Owl e White Swan. O primeiro episódio de Jetman também ficou marcado por não ter mais Hirohisa Soda como roteirista chefe. Além disso, trouxe o famoso Keita Amemiya na direção, na tentativa de recuperar os números de audiência que a franquia vinha perdendo gradativamente desde Flashman (1986).  Pensada como sendo a série derradeira dos Super Sentai, Jetman recuperou a audiência, levando a Toei a produzir uma nova série para o ano seguinte (vide texto “Zyuranger”), o que mudaria para sempre a história do tokusatsu no mundo inteiro.

Ordem Hierárquica da Equipe:
Vermelho – Preto – Amarelo – Branco – Azul

Temática:
Jovens submetidos às “ondas pássaro” tornam-se humanos com habilidades especiais e são designados Jetman, sob comando da Sky Force – entidade guardiã da paz na Terra. Cada integrante representa uma ave diferente (Falcão, Condor, Coruja, Cisne, Andorinha).

Império Maligno a ser combatido:
Vyram

O que esperar da trama:
Inspirada no clássico anime Kagaku Ninjatai Gatchman, de 1972, Jetman foi uma série inovadora para a época. Com uma trama um pouco mais densa, visando agradar não apenas crianças, mas também um público mais velho, a série tornou-se um clássico no Japão. Dando uma nova injeção de ânimo nos Super Sentai, foi a primeira série a ter três robôs, além de ter um dos finais mais diferentes e inesperados entre todas as séries.

Onde encontrar a série: Legendada em Inglês

Classificação do episódio: ☆ ☆ ☆ ☆ (4.00)


zyu

Kyoryu Sentai Zyuranger (Esquadrão Dinossauro Zyuranger)
Episódio 1: 誕生
Tradução livre do título: O Nascimento
Roteiro: Noboru Sugimura
Direção: Shouhei Toujou
Data de Exibição no Japão: 21 de Fevereiro de 1992

Link para sinopse completa (em inglês)

Pela primeira vez na história dos Super Sentai, os heróis não são contemporâneos: viveram há milhões de anos em uma era dominada pelos dinossauros, em que os humanos e suas tribos conviviam junto com os gigantes. Neste episódio, temos mais uma vez o ator Jun Tatara (Barza) recebendo notícias sobre uma base espacial bem no comecinho da trama, tal qual ocorreu em Gavan (1982). É um pouco rápida demais a adaptação dos Zyuranger ao mundo contemporâneo após milhões de anos adormecidos, mas dá para relevar. Outro detalhe: o suit-actor de Tiger Ranger, Hirofumi Ishigaki, é o mais “parrudo” de todos, contrastando com o intérprete de Boi, o ator Takumi Hashimoto, o “menorzinho” da turma. O primeiro capítulo de Zyuranger é um marco absoluto na história dos Super Sentai: menos pela série em si, mas pelo que ela gerou – o contrato com a Saban para o desenvolvimento de Power Rangers (1993). Depois de arrebatador sucesso no mundo todo, o contrato de parceria entre Toei/Saban garantiu uma sobrevida monstruosa para os Super Sentai – já que está aí até hoje.

Ordem Hierárquica da Equipe:
Vermelho – Preto – Azul – Amarelo – Rosa

Temática:
Após passarem milhões de anos adormecidos, cinco guerreiros são revividos para enfrentar a ameaça de Bandora e sua turma, que foram tirados acidentalmente do seu confinamento no Planeta Nemesis. Cada integrante dos Zyuranger é oriundo de uma tribo da época em que humanos conviviam com os dinossauros e outras feras. Representam Tiranossauro, Mamute, Triceratops, Tigre Dente-de-Sabre e Pterodáctilo.

Império Maligno a ser combatido:
Gangue de Bandora

O que esperar da trama:
Com bastante humor, não é primeira trama a apresentar uma história mais “mágica”, já que Turboranger (1989) também utilizou o recurso de “império que fica preso por muitos anos volta a atacar”. Para quem acompanhou Power Rangers na infância, é comum um estranhamento inicial das cenas com os atores japoneses. Para o público brasileiro, um dos atrativos é a presença de Takumi Hashimoto, o Manabu da série Jiraiya (1988), e Shiro Izumi, o Change Pegasus de Changeman (1985), fazendo o primeiro sexto integrante fixo de uma equipe Super Sentai. Curioso que na época de Changeman o ator era cotado para o papel de Change Dragon, e em Zyuranger ele acaba interpretando um personagem cuja alcunha é, justamente, Dragon Ranger.

Onde encontrar a série: Legendada em Inglês

Classificação do episódio: ☆ ☆ ☆ ½ (3.5)


dairangerGosei Sentai Dairanger (Esquadrão Cinco-Estrelas Dairanger)
Episódio 1: 
転身だァァッ!!!
Tradução livre do título: Transformar!!!
Roteiro: Noboru Sugimura
Direção: Yoshiaki Kobayashi
Data de Exibição no Japão: 19 de Fevereiro de 1993

Link para sinopse completa (em inglês)

Em Dairanger, inicia uma era em que cenários mais urbanos, como algumas vielas estreitas e pequenos comércios de Tóquio, são utilizados como locação em Super Sentai mais seguidamente – veremos muito disso em Kakuranger (1994) também. A cena dos Dairanger descendo à base subterrânea, que se assemelha muito ao covil das Tartarugas Ninja, remete a como os Battle Fevers chegavam à sua base, tendo que descer ao esgoto também. Mais uma semelhança com Battle Fever J (1979) é que Kazu, o integrante amarelo (Kirin Ranger) também é cabeleireiro, assim como o Battle France, Kyousuke Shida. Seguindo o padrão das séries anteriores, algo que vinha desde Liveman (1988), o episódio termina com um imenso cliffhanger, com Ryu Ranger montado em cima do RyuseiOh, em uma bela cena que lembra muito quando Gavan (1982) montava em seu dragão, Doll.

Ordem Hierárquica da Equipe:
Vermelho – Verde – Azul – Amarelo – Rosa

Temática:
Na China antiga, o império Daos era regido por três tribos: Dai, Borma e Shura. Quando Borma tentou pegar o poder para si, iniciou uma guerra com Dai, culminando no desaparecimento das duas tribos. Em 1993, cinco jovens, detentores do poder da tribo Dai, precisam enfrentar a tribo Gorma, recebendo poderes e auxílio do mestre Kaku. Cada Dairanger representa um animal mitológico chinês: Dragão, Grifo, Pégaso, Qilin, Fênix, Tigre.

Império Maligno a ser combatido:
Tribo Gorma

O que esperar da trama:
Com um excelente character design (meu preferido entre todas as séries), e a melhor coreografia de lutas já produzida pela Toei Company (aí inclua-se todos os tipos de série tokusatsu – e não apenas Super Sentai), Dai Ranger é um clássico das artes marciais, formando um triunvirato com Maskman (1987) e Gekiranger (2007) de séries que exploram de maneira bastante eficiente esta temática. Não se engane com os primeiros episódios um pouco bobos e em ritmo mais lento no começo: assim que a série engrena, você vicia. Ficou marcada como a primeira série a trazer uma criança como membro fixo: o garoto Kou torna-se Kiba Ranger. O visual de Kiba Ranger e os mechas de Dairanger foram aproveitados pela Saban na segunda e terceira temporadas de Power Rangers.

Onde encontrar a série: Legendada em Inglês

Classificação do episódio: ☆ ☆ ☆ ¼ (3.25)


kakuranger

Ninja Sentai Kakuranger (Esquadrão Ninja Kakuranger)
Episódio 1: 忍者でござる
Tradução livre do título: Somos ninjas
Roteiro: Noboru Sugimura
Direção: Yoshiaki Kobayashi
Data de Exibição no Japão: 18 de Fevereiro de 1994

Link para sinopse completa (em inglês)

Com uma aura mística que emula boa parte das cenas de Shaider (1984) na floresta, como música hipnótica, crianças utilizando máscaras bizarras, e um pseudo-canto gregoriano de fundo, o primeiro episódio de Kakuranger segue a tradição que vinha ocorrendo nas séries anteriores: império do mal que estava selado volta a atacar no presente. Assim como em Jetman (1991), a equipe não é totalmente formada no primeiro episódio: apenas os integrantes Vermelho, Azul e Branco aparecem. Pela primeira vez, fica claro que a líder do grupo é uma mulher, Ninja White. Apesar de Tsuruhime não utilizar vermelho, suas habilidades como líder são muito mais evidentes do que as de Sasuke, o Ninja Red. Uma mulher no comando só voltaria a ocorrer em 2000, na série Timeranger, com Time Pink sendo, de fato, a líder do grupo.

Ordem Hierárquica da Equipe:
Vermelho – Branco – Amarelo – Azul – Preto

Temática:
Ninjas combatendo Youkais de 400 anos atrás, revividos no presente

Império Maligno a ser combatido:
Exército Youkai

O que esperar da trama:
Com ótimas coreografias de ação e agilidade graças à temática ninja, Kakuranger é um seriado bem divertido. Assim como Fiveman (1990), que chegou a ter fantoches como narradores, Kakuranger tem seu próprio tiozão contador de histórias na primeira metade da série, o ator Enjou Sanyuutei. Destaque também para o excelente duelo entre Kane e Sho Kosugi (pai e filho na vida real), um dos momentos mais dramáticos da história.

Onde encontrar a série: Legendada em Inglês

Classificação do episódio: ☆ ☆ ☆ (3.00)

Anúncios

11 comentários

  1. Grande Matheus!!

    Desses aqui, só não vi o do Fiveman, que parece ser mesmo bem pesado. Que coisa, como eu vi episódios soltos, acho que dei azar, pois fiquei com a ideia da série ser meio tosquinha. O que eu achava legal é que em Fiveman aproveitaram direito o ator Ryuhei Kobayashi, o Fumiya. Em Jiban, não sabiam direito o que fazer com ele e o papel do Ryu Hayakawa era bem esquisito.

    Jetman teve um impacto em mim e acabei vendo vários episódios, assim como Dairanger. Os Sentais da primeira metade dos anos 90 foram os últimos que tentei acompanhar ao menos o começo, alguns do meio e o final (tirando Fiveman).

    Abração!

    Curtir

  2. Ah, faltou comentar do Kakuranger. Uma série muito simpática do começo ao fim e a menina Tsuruhime carrega a equipe nas costas. A atriz só tinha 14 anos na época e aguentou um grande desafio. Ela terá uma participação no Kyuranger VS Space Squad. Só espero que seja como a Ninja White.

    E o derradeiro Sentai que fiz questão de acompanhar foi o Ohranger, de 1995. Aguardo pelo post.

    Abração!

    Curtir

  3. Fala, nobre Matheus! Dessas cinco séries, assisti por completo Jetman, Zyuranger e Dairanger. Antes da estreia de Gokaiger, a TV Asahi exibiu um especial no dia 22 de janeiro de 2011 sobre os 35 anos da franquia Super Sentai. Cheguei a ver ao vivo pelo KeyHole TV. Houve um momento do especial onde a Toei elegia os três melhores finais de Super Sentai. Jetman e Dairanger foram escolhidos, além de Flashman. Dentre esses finais considero Jetman como o Super Sentai com o melhor desfecho. Zyuranger teve lá seus momentos infantis, mas teve outros momentos carregados/sombrios, como na aparição de Dai Satan, por exemplo.

    Tinha começado a assistir Fiveman há algum tempo e me faltou tempo pra assistir o restante. Tenho que fazer isso o quanto antes, assim como o Kakuranger, que vi poucos episódios.

    Abraços!

    Curtir

    • Obrigado pelo comentário, César. Você falou em KeyHole…Atualmente tem um serviço de streaming para assistir os canais do Japão. É o Fujitv.live. Você cadastra seu e-mail e paga uma mensalidade de 25 dólares por mês. Ou então pode cadastrar e-mails diferentes, com validade de acesso por 24h. É um bom recurso para os sábados à noite, ou para as madrugadas do Toei Channel. Abs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s